Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Nossa última música.

Parece loucura dizer isso agora, mas eu esperei por ele à noite toda. É absurdo esperar que alguém atravesse o estado por quase nada, eu sei, mas ele nunca precisou realmente estar aqui, pra estar. Eu esperava apenas por um sinal. E agora isso me soa tão ridículo quanto de fato é, acreditem. Mas não aparecer foi a mensagem mais clara que ele já me enviou.
Parada no meio do Hall de entrada do salão, ao som de uma, das centenas de músicas que parecem versos sobre nós, eu me despedi dele. Durante os três minutos e seis segundos da nossa última música, que dizia tudo o que eu não tive a oportunidade de dizer, eu me perdoei por cada uma das vezes em que achei que ele me pertencesse. E o perdoei por ter se enganado quando me falava de amor. Tudo bem se enganar. Parei de desejar que ele estivesse infeliz do lado de lá. E finalmente consegui dizer em paz a mim mesma que ele não vai mais voltar.

Talvez esse fosse o passo que faltava pra eu conseguir recomeçar, pra me tornar grata por haver al…

Últimas postagens

Por hoje.

Coincidência.

Último desejo.

Amor não se condiciona.

Memória.

Desejo cancelado.

Que seja.

Não tão distante.

Utopia

Milhares de dias.