24 de dezembro de 2014

A pior das hipóteses!


Tenho dezenas de coisas favoritas em você, e outras tantas que detesto. O modo como penteia o cabelo ou as caretas que faz, sua cara inchada e até o toque do seu despertador. Gosto tanto de tudo isso que até desconfio que meu caso seja grave. E hoje pela manhã me dei conta de que como gosto, ainda mais do que tudo já citado, de te ver dormir. Hoje eu descobri o quão encrencada eu estava quando percebi que poderia ter passado a noite toda só te olhando dormir e ainda assim estaria satisfeita agora. Tive certeza de que meu caso é muito pior do que eu imaginava: descobri que estava apaixonada, por cada pedacinho do seu rosto amassado. Na melhor das hipóteses esse é o maior erro que eu podia ter cometido.