29 de abril de 2014

O resto do mundo.


Eu não sei amar, ou as pessoas que se tornaram monótonas demais. Você foi a única pessoa que eu amei, mas veja bem, meu bem, eu não te amo mais. Eu só queria entender o que eu vi em você que não vi em mais ninguém. Depois da sua ida, nunca mais encontrei motivos pra querer ficar. Não há sorriso que me encante, tampouco olhar que me atravesse, não conheci nenhum outro par de olhos que me deixasse tímida ao se alinhar aos meus. Parece que o resto das pessoas não são tão encantadoras quanto eu gostaria.