23 de setembro de 2013

Todo mundo muda.



"Para sempre" e "nunca mais". São expressões traidoras, tanto pra quem ouve, quanto pra quem diz. Fazem parte de promessas que dificilmente são cumpridas. E não é que sejam mentiras, as vezes quem as pronunciou também que acreditava no que dizia, mas as pessoas mudam e mudam-se as vontades. E não é por mal, mudar é natural.

14 de setembro de 2013

De vítima à vilã.


E depois de tanto tempo me identificando com frases de pessoas abandonadas, hoje sou eu quem abandona. As vezes é preciso deixar de ser a vitima e se tornar o vilão pra entender que o único responsável pela sua felicidade é você mesmo. Sem essa de "você me deixou quando eu mais precisava" ou "você fez eu me sentir especial e depois desapareceu". Esqueça todos esses lamentos e essa maldita autopiedade, ninguém é responsável pelo seu drama. Ser deixada dói, ser traída dói, e dói pra caralho, mas ficar em casa num sábado a noite chorando porque foi feita de otária, só te faz ainda mais otária. Mesmo que falte ânimo, saia. Mesmo que falte festa, dance. Mesmo que falte vontade, beba. Porque uma coisa que nunca faltou e nunca faltará são os bons amigos.
Fossa tem prazo de validade, chega uma hora que as pessoas perdem o saco de te ouvir choramingar, e ao invés de continuarem solidarias à sua dor elas passam a ter raiva de você, e essa, minha querida ou querido, é a hora de parar. É a hora de secar os olhos, limpar o nariz que esta escorrendo, sair da cama, tirar o pijama, o mesmo que você esta usando a uma semana sem lavar e parar com o drama. Enfim, é a hora de sair do luto e mudar o foco.
Nenhuma dor dura pra sempre e nenhuma mulher que se preze chora pelo mesmo homem a vida toda. Se ele quer ir embora, deixe-o ir e se ele já foi, não vá atrás. Recupere seu amor próprio que deve estar jogado em algum canto da casa e vista-o novamente. Pra todo amor incorrespondido, existem outros amores para serem vividos. Acredite.